Paraibano

Futebol

Mais Esportes

Latest Post



Treze 4×0 Santa Rita, pelo Campeonato Brasileiro da Série D, neste domingo, no estádio Presidente Vargas, em   Campina Grande. Gols – Marcelinho Paraíba, Leilson, Samuray e Wadson.

O Treze teve a grande chance em cobrança de falta de Marcelinho Paraíba chutando na trave.
O Santa Rita deu o troco com Chiquingo, mas Dedé colocou para a linha de fundo.

O Treze continuou pressionando e conseguiu encontrar o espaço e fez o primeiro gol com Marcelinho Paraíba aos 32 minutos do primeiro tempo.

Aos 45 minutos o Treze fez 2 a 0, com Leilson, com 2 a 0 para o Galo da Borborema no próximo tempo.

O Treze marcou o terceiro com Maxwell Samuray aos 10 minutos do segundo tempo, cobrando pênalti.

O Treze completou o placar aos 39 minutos do segundo tempo, aproveitando jogada do meia Raylan. O vencendo por 4 a 0.

Galo esteve definido e enumerado com o time que começou o jogo contra o Santa Rita de Alagoas, pelo Grupo 9 do Campeonato Brasileiro da Série D de 2018. Com 1 Mauro Iguatu, 2 Alex Travassos, 3 Ítalo, 4 Nilson Junior e 6 Silva;  5 Carlos Coppetti, 8 Dedé e 10 Marcelinho Paraíba; 11 Leilson, 23 Maxwell Samuray  e 7 Beleu. Beleu. Tecnico Flávio Araújo

No segundo tempo o meia Marcelinho Paraíba deu lugar a Raylan. Ainda entrou Leandro Love e saiu Samuray e Beleu deu lugar a Wadson.



As duas vitórias do Confiança de Aracaju-SE, na Série C do Campeonato Brasileiro e a classificação para a fase de grupos na Copa do Nordeste têm deixado o treinador do Botafogo, Leston Junior preocupado.

“O Confiança venceu o América de Natal por 2 a 0, em Natal. Além vem de duas vitórias na Série C”, afirmou o treinador do Botafogo que alerta seu time para o compromisso contra o Confiança, segunda-feira, pela terceira rodada da Série C do Brasileiro.

Ainda valorizando o próximo adversário afirmando que, o Confiança empatou com o América (3×3) e depois venceu por 2 a 0. Além disse, o Confiança ganhou da Juazeirense-BA por 1 a 0 e fez 3 a 0 contra o salgueiro-pe.

Depois de três anos fora do mercado, o treinador Washington Lobo está de volta ao futebol paraibano para comandar o time sub 19 do Sparax, no Campeonato Paraibano. Ele disse ter possibilidade de assumir também a equipe que vai disputar a Segunda Divisão.


Experiente como jogador, por ter atuado por clubes como Botafogo (campeão 1996 e 1988), Treze, América (campeão 1996), ABC de Natal, Auto Esporte, Confiança de Sapé, Nacional de Patos, Santos e Santa Cruz (campeão 1995). Ainda com idade de jogar preferiu assumir condição de treinador.


Seu primeiro desafio foi comandar o Botafogo em 2003, sendo campeão paraibano. Além de colocar o time na terceira colocação no Campeonato Brasileiro da Série C.

“Na época, o Botafogo fez sua melhor campanha em um Brasileiro. Nosso time precisa de uma vitória, desde que o Campinense empatasse com o Santo André-SP, mas o time paulista venceu por 2 a 1).

Ainda acumula o título de campeão da Segunda Divisão no comandado do Auto Esporte em 2006. Também promoveu Cruzeiro de Itaporanga e Miramar de Cabedelo para a Primeira Divisão do futebol paraibano.

Outro grande feito de Washington Lobo foi classificar o Nacional de Patos na Série C de 2017, mas o time perdeu os pontos devido a irregularidade de um jogador. “O Nacional se classificou, mas utilizou o atacante Alisson com o terceiro cartão amarelo. O América de Natal ficou com a vaga”, segundo Lobo.

O treinador Washington Logo ainda comandou Queimadense, Esporte de Patos, Sousa, Atlético de Cajazeiras e esteve no CSE de Palmeiras dos Índios, em Alagoas. Logo iniciou o comando no Spartax esta semana e pretende fazer uma ‘peneira’ para descobrir seis jogadores para completar o elenco.



Petrúcio Ferreira foi a principal atração do último dia do atletismo no Open Internacional, em São Paulo (SP). Com transmissão ao vivo por meio do Facebook e do canal do YouTube do Comitê Paralímpico Brasileiro, o velocista paraibano de 20 anos cravou a melhor performance dos superdesafios que compuseram a programação deste sábado, 28, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro. A edição 2018 do Open chega ao fim ainda neste sábado, com a sessão da noite da natação.

Quatrocentos atletas, dos quais 226 do atletismo e 174 da natação, participaram do Open Internacional Loterias Caixa. Ao todo, 13 países estão representados: África do Sul, Argentina, Brasil, Chile, Cuba, Equador, El Salvador, Gana, Israel, México, Peru, Portugal e Turquia. As disputas da natação fazem parte da World Series, circuito organizado pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês), assim como o atletismo faz parte do Grand Prix, também do IPC.

Petrúcio venceu o superdesafio dos 100m com o tempo de 10s66, que lhe rendeu o Índice Técnico Competitivo (ITC) de 100,281% – o melhor do dia. O ITC foi o cálculo utilizado para determinar os vencedores das provas compostas por atletas com diferentes deficiências. Atleta da classe T47 (amputado de braço), ele foi seguido por Vincius Rodrigues (T63 – amputados de perna), que registrou 12s14 (99,588%). Completou o pódio Joeferson Marinho, que cravou 12s08, equivalente a um ITC de 98,357%.

A presença tanto de Petrúcio quanto de Joeferson no pódio ressalta o bom momento do estado da Paraíba em provas de velocidade. Ambos são discípulos de Pedro Almeida, o Pedrinho, técnico que tem extensa carreira com atletas velocistas. O bom desempenho motivou o Comitê Paralímpico Brasileiro a desenvolver um projeto para detecção de talentos no estado, que já colhe os primeiros frutos.

“Eu não gostei do meu resultado, apesar de o tempo ter sido muito bom. Tinha na minha cabeça melhorar a minha marca (10s53) e infelizmente isso acabou me atrapalhando um pouco e eu fiz muita força na corrida. Mas vou voltar a trabalhar duro para acertar esta corrida mais para frente, pois tenho outros compromissos este ano, como os Grand Prixs de Paris e Berlim”, disse Petrúcio.

Outro velocista da classe T47 também destacou-se. Na final B dos 100m, Washington Júnior tornou-se o terceiro brasileiro desta classe a correr a prova abaixo de 11s, ao lado de Yohansson Nascimento e Petrúcio. Ele cruzou a linha de chegada em 10s94 e está agora apenas atrás de Petrúcio no ranking mundial desta temporada.

O atletismo no Open Internacional foi marcado por uma série de quebra de recordes. André Rocha obteve o principal resultado, com o recorde mundial do arremesso de peso F53. Outros sete recordes continentais foram quebrados, além de seis novas performances brasileiras terem sido estabelecidas.

Na noite deste sábado, a partir das 17h, haverá a transmissão ao vivo da última sessão de competições de natação. A competição poderá ser vista por meio da página do CPB no Facebook (Comitê Paralímpico) e do canal da entidade no YouTube.

Por CPB



 A SECDTUR através do departamento de esportes,convida todos os presidentes de clubes, para a reunião e sorteio dos grupos para início da competição, e Torneio 
do Dia do Trabalhador.





O histórico dos confrontos entre Botafogo/PB e Salgueiro/PE aponta cinco vitórias do Salgueiro do Salgueiro/PE e quatro vitórias do Botafogo. Foi registrado um empates, com 12 gols para o time pernambucano e os paraibanos marcaram 11 gols. Foram realizados 10 jogos, com 23 gols marcados 23. Veja os números de acordo com levantamento do plantonista Aurélio Nunes.

Série C 2014
Grupo A
10/05
Botafogo 2 x 2 Salgueiro
24/08
Salgueiro 1 x 0 Botafogo

2015
17/05
Botafogo 1 x 2 Salgueiro
02/08
Salgueiro 4 x 1 Botafogo

2016
25/05
Salgueiro 1 x 0 Botafogo
24/07
Botafogo 2 x 0 Salgueiro

2017
04/06
Botafogo 1 x 0 Salgueiro
05/08
Salgueiro 1 x 0 Botafogo

Série D 2013
Semifinal
29/09
Salgueiro 1 x 2 Botafogo
06/10
Botafogo 2 x 0 Salgueiro

Jogos Realizados: 10
Gols Marcados: 23



O Treze confirmou a contratação de mais um atacante de área. Trata-se do jogador, Maxuell Maia da Silva. É mais um atleta para se junto ao elenco que se prepara paras as disputas do Campeonato Brasileiro da Série D, cuja estreia do Galo da Borborema será no próximo dia 23, uma segunda-feira.
DATA DE NASCIMENTO
30.09.1991- (26 ANOS)
NATURALIDADE
Fortaleza (CE)
Atacante (Centroavante)

EX-CLUBE
Brasil Caldense

HISTÓRICO DE QUIPES

2018  Caldense
2018  CSA
2017  CSA
Ferroviário 16 6
2016 Ferroviário – –
2015 Brasil Ferroviário – –
2014 Horizonte 1 1
2013 Cruzeiro-RS – –
Botafogo-PB 7 1
Brasil Baraúnas 1 1
Uniclinic (E)
2011 River-PI – –
2010 Ceará – –
2009 Palmeiras (E)
Ferroviário
Palmeiras (E)
Palmeiras (E)

Veja Também