Paraibano

Futebol

Mais Esportes

/ / Unlabelled /


A situação do Treze chegou a um consenso sobre quem deve ser o candidato a presidente nas eleições, convocadas por edital, para o dia 13 de junho. O nome indicado deve ser o de Juarez Lourenço Gouveia, atual diretor de Patrimônio, e que surgiu como uma alternativa credenciando pelo bom trabalho e grande aceitação interna e entre os torcedores. O dirigente de 62 anos falou ao Correio sobre a possibilidade, enalteceu a reação do clube em 2017, mas adiantou que muito ainda deve e pode ser feito.

-  “A gente da diretoria chegou ao seguinte ponto, de que a presidência deve ficar entre a gente mesmo. Estamos reestruturando o Treze. A gente viu a decadência do clube, tivemos um mandato tampão, o time andou ruim. Agora o Treze está se reerguendo. E foi me lançado uma proposta, conversei com a família e, desde então, estou me organizando para esse desafio”  -  disse. A eleição se refere ao biênio 2017 e 2018, para o lugar de Petrônio Gadelha, que havia sido eleito, mas faleceu no início de março.

O grupo a que Lourenço se refere envolve nomes da diretoria atual como Fábio Gadelha, e também nomes como Emir Filho e Alan Kardec, entre outros. Com experiência de diretor de Patrimônio por três mandatos e também como diretor Administrativo, Juarez Lourenço presta serviços ao Treze desde 2004. Um dos pontos favoráveis ao possível candidato é também a disponibilidade. Aposentado, Lourenço exaltou a necessidade de o presidente ter dedicação total a instituição.

-  “Vamos seguir conversando, discutindo, serão muitos desafios, coisas a se fazer. Ainda temos que definir mais algumas coisas, mas está tudo bem adiantado. O presidente tem que estar presente. Me sinto capaz, tenho meus conhecimentos, bom relacionamento com a imprensa e torcedor, e eu senti a satisfação da torcida. Estou consciente de que o peso é grande, mas estou preparado"  -  concluiu.

Apenas os conselheiros natos e efetivos do Galo que estiverem em dia com as mensalidades do sócio patrimonial têm direito ao voto. A votação acontece das 13h às 19h da próxima terça-feira, e a expectativa da comissão eleitoral é que essa votação aconteça de forma tranquila, assim como o pleito que reconduziu Petrônio Gadelha ao cargo em novembro passado.


Fonte: Portal Correio

«
Próximo

Postagem mais recente

»
Anterior

Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

Deixe seu comentário

Veja Também