Paraibano

Futebol

Mais Esportes

/ / ASA arranca empate de 1x1 jogando contra o Moto Club em São Luís


O time do ASA arrancou empate de 1x1 jogando contra o Moto Club em São Luís, na tarde deste sábado. Este resultado tira provisoriamente o Gigante do Z2 do grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. Agora com 5 pontos, sobe para a oitava colocação, mas será superado por Salgueiro ou Cuiabá, que vão se enfrentar neste domingo, no interior pernambucano.

O Moto Club, que avança para o sétimo posto, também com 5 pontos, abriu o placar no começo do 1º tempo com o armador Vitinho. O ASA igualou tudo na etapa complementar com o atacante Leandro Kível.

A delegação do ASA é esperada em Arapiraca no fim da tarde deste domingo, quando começará a preparação para mais uma partida fora: será contra o Cuiabá no domingo, dia 25, na Arena Pantanal. Agora o Moto Club também vai sair, mas para enfrentar o Remo, em Belém, às 18h do sábado, dia 24.

Moto começa vencendo 1º tempo lento

Apesar de o ASA, que deu a saída, ter tentado surpreender já nos primeiros toques na bola, a exemplo da conclusão do meia Doda aos 2 minutos ao perceber o goleiro Márcio Arantes adiantado, o Moto Club abriu o placar no começo da partida. Em cobrança de escanteio pela direita, aos 8 minutos, o meia Valber tocou voltando para o lateral-direito Bebeto e este fez o centro para o armador Vitinho pegar de primeira, de voleio, com a bola entrando no canto esquerdo da meta do ASA.

A vantagem no placar, logo no início, fez o Moto Club recuar e o ASA encontrar dificuldades para furar a defesa adversária. Apesar disso, aos 15 minutos o atacante Leandro Kível recebeu passe do lateral-direito Everton e soltou a bomba, obrigando o arqueiro maranhense a espalmar para escanteio, evitando o gol de empate.

No mais, foi um 1º tempo lento e sem outras emoções para o público presente ao Castelão.

Substituições deixam o ASA com outra postura

Na etapa complementar o panorama da partida mudou em função das substituições, particularmente no ASA. O meia-atacante Jhulliam, em lugar de Jean Carlos no intervalo, deu um ritmo mais veloz e ofensivo ao Fantasma de Alagoas, que chegou em empate aos 15 minutos. Bola chegou à entrada da área do Moto Club e o atacante Leandro Kível pegou de primeira para definir o placar em 1x1.

Porém, a partir daí o ASA passou a ser perigoso e no minuto seguinte pôde ter conseguido a virada não fosse a bola, concluída por Jhulliam, ter acertado o travessão adversário.

O Moto Club sentiu o gol tomado, pois as oportunidades claras passaram a ficar do lado do ASA: aos 22 minutos Leandro Kível deu assistência para Djalma, que minutos antes entrara no lugar de Juninho e cara a cara com o goleiro Márcio Arantes desperdiçou; e aos 37 Leandro Kível voltou a obrigar o arqueiro Márcio Arantes a praticar outra arrojada defesa, espalmando para escanteio.


Até o apito final, o time da casa só voltou a ameaçar o goleiro Carlão após os 40 minutos, numa bomba do atacante Toni Galego que foi espalmada para escanteio. 

A bola ia entrando no canto direito. E o último lance do jogo, já nos acréscimos (aos 49), zagueiro Eron bateu falta, mas foi no centro da meta, facilitando a defesa de Márcio Arantes, que ao repor a bola veio o apito final.

«
Próximo

Postagem mais recente

»
Anterior

Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

Deixe seu comentário

Veja Também