Paraibano

Futebol

Mais Esportes

/ / / Na estreia de técnico, CRB supera ABC e encerra sequência de derrotas

O CRB voltou a vencer na Série B. Nesta terça-feira, o time fez 3 a 1 no ABC, fora de casa, pela nona rodada da competição. Os gols foram de Zé Carlos e Neto Baiano, ambos cobrando pênalti, e Chico. Echeverría descontou. Com o triunfo, o Galo foi a dez pontos, mas segue na zona de rebaixamento da competição. Os potiguares, com 12, estão no meio da tabela.
A partida marcou a estreia do técnico Dado Cavalcanti no clube alagoano. Ele substituiu Léo Condé, que não resistiu à série de resultados ruins. Pelo lado do ABC, o revés significou o fim da invencibilidade no estádio Frasqueirão, onde o time não perdia desde março de 2016.
Na próxima rodada, o time comandado pelo experiente Geninho busca recuperação diante do Boa Esporte, fora de casa, na sexta-feira. O CRB, tentando o segundo triunfo consecutivo, recebe o Paysandu no estádio Rei Pelé.

O jogo – Logo no início, os visitantes já saíram em vantagem. Chico saiu na cara do goleiro Edson e foi derrubado. Na cobrança do pênalti, o atacante Zé Carlos teve calma e não desperdiçou: 1 a 0.
Após começo ruim, com a defesa muito desatenta, os potiguares começaram a se ajeitar em campo a partir da metade da etapa inicial, empurrando os rivais para o campo de defesa.
Ainda assim, a retaguarda do CRB soube se portar muito bem, mesmo com a posse de bola sendo do ABC. Sem tomar muita pressão, os alvirrubros foram para o intervalo com a vantagem no marcador.
Os mandantes voltaram dispostos a buscar o empate. Aos 6, Léo Fortunato teve boa chance, mas sua finalização parou em boa defesa de Edson Kolln. Dois minutos depois, nova intervenção do arqueiro, em chute de Gegê.
A situação, porém, se complicou aos 19 minutos, quando o goleiro Edson, por reclamação, recebeu o segundo amarelo e foi expulso, deixando o ABC com dez em campo. Sabendo aproveitar a superioridade numérica, o CRB conseguiu outro pênalti e na cobrança, aos 24, Neto Baiano ampliou a vantagem.
Aos 26, Danilo Pires quase fez o terceiro, mas seu arremate carimbou o travessão de Beliato, que entrou no gol com a expulsão de Edson. Embora parecessem batidos, os alvinegros foram para cima e diminuíram, aos 29, em finalização de Echeverría.
O tento dos mandantes acendeu a torcida e colocou fogo no jogo. Mesmo com um a menos, os comandados de Geninho foram em busca da igualdade. Aos 36, Anderson Pedra arriscou da entrada da área e a bola passou perto da trave.
A falta de um atleta, porém, fez diferença e, nos momentos finais, o ABC não conseguiu achar espaços para chegar ao empate. Para piorar, aos 43, Chico bateu firme, a bola ainda acertou a trave, mas acabou entrando: 3 a 1 CRB, placar final.
FICHA TÉCNICA
ABC 1 x 3 CRB

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN)
Data: 20 de junho de 2017, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: José Claudio Rocha Filho (SP)
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Público: 4.393 pessoas
Renda: 
R$ 47.035,00
Cartões amarelos:
 Eltinho, Dalberto, Edson, Zotti (ABC), Yuri (CRB)
Cartão vermelho: Edson (ABC)
Gols:
 ABC: Echeverría, aos 29 minutos do segundo tempo
CRB: Zé Carlos, aos 8 minutos do primeiro tempo; Neto Baiano, aos 24, e Chico, aos 43 minutos do segundo tempo
ABC: Edson; Jonathan Bocão, Filipe, Léo Fortunato e Eltinho; Anderson Pedra, Márcio Passos (Zotti), Erivélton (Echeverría) e Gegê (Beliato); Dalberto e Caio Mancha
Técnico: Geninho
CRB: Edson Kolln; Marcos Martins, Adalberto, Flávio Boaventura e Diego; Danilo Pires, Yuri (Adriano), Edson Ratinho e Chico; Erick Salles (Rodolfo) e Zé Carlos (Neto Baiano)
Técnico: Dado Cavalcanti

«
Próximo

Postagem mais recente

»
Anterior

Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

Deixe seu comentário

Veja Também