Paraibano

Futebol

Mais Esportes

/ / / Auto Esporte vence o Atlético, em Cajazeiras, mas não evita rebaixamento



Jogando todas as suas fixas para tentar evitar a queda, o Auto Esporte iniciou a partida pressionando o Atlético-PB. Para evitar o rebaixamento, o alvirubro precisava vencer a partida, além de torcer por uma derrota do Nacional de Patos para a Desportiva Guarabira. Nos primeiros quinze minutos de jogo, as melhores jogadas eram criadas pelo Macaco Autino, Biro Biro se apresentava como a melhor opção no ataque. Tanto que aos 20 minutos do primeiro tempo, ele recebeu lançamento de Luanderson e na entrada da área, chutou para marcar o gol da vitória. No segundo tempo a equipe já cumpria apenas tabela, pouco criava. O Atlético-PB pressionou no segundo tempo, mas o goleiro Adson evitou o empate do Trovão. A segunda vitória do Auto no Campeonato Paraibano dessa edição não evitou o rebaixamento. A temporada 2019 para o Macaco Autino já começou.

Foi no primeiro tempo que as chances do Auto Esporte evitar o rebaixamento começaram a virar realidade. Biro Biro marcou, aos 20 minutos, o gol da esperança. A partir do gol sofrido, o Atlético-PB partiu para a pressão e começou a criar as melhores jogadas de ataque nas bolas lançadas na área. Mas foi numa bola lançada pelo chão a chance de gol mais clara do Trovão. Aos 34 minutos, Cletinho recebeu lançamento de Bruno e encobriu Adson. Carlão salvou de cima da linha e evitou o empate. Em Patos, o Nacional já vencia a partida e Auto partia para ampliar o placar. Raimundinho ainda teve a chance, aos 42 minutos, ele fez jogada individual e chutou rasteiro. Gerson evitou o segundo no finalzinho da etapa inicial.

O trovão começou pressionando, queria terminar a participação com um vitória dentro de casa, com o placar adverso o Atlético-PB insistia na jogadas áereas. O Auto sabendo da vitória parcial do Nacional de Patos, pouco criava. Aduílio junto Cleitinho eram os melhores jogadores na segunda etapa. Aos 22 minutos, Aduílio recebeu lançamento de Cleitinho e pedeu a chance do empate, chutou com perigo a esquerda de Adson. A Nacional de Patos já vencia por 5 a 0, o Auto Esporte já estava entregue, mesmo assim, Raimundinho ainda criou a chance do segundo gol. Aos 25 minutos, novamente em jogada individual ele penetrou pela direita da grande área e chutou para Gerson salvar. Foi a última chance no jogo. Aos 44, Cleitinho ainda teve a chance de empatar a partida, mas acabou desperdiçando. O fim da partida sacramentou o rebaixamento do Auto Esporte, que em toda a competição conseguiu apenas duas vitórias em dezesseis partidas disputadas.

GE


«
Próximo

Postagem mais recente

»
Anterior

Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

Deixe seu comentário

Veja Também